Convidados debatem (In)sustentabilidades e movimentos sociais no Rural

(In)sustentabilidades e movimentos sociais no Rural

Mesa redonda – (In)sustentabilidades e movimentos sociais no Rural

A quarta e última mesa redonda da 3a Jornada de Estudos Rurais e Saúde, coordenada pela Professora Marilise Mesquita, abordou o tema das “(In)sustentabilidades e movimentos sociais no Rural”. Participaram da mesa Fabiana Thomé (PGDR/UFRGS); Flávia Charão Marques (PGDR/UFRGD); Prof. Carlos André Moura Arruda (Colaborador do Observatório da Política Nacional de Saúde Integral para as Populações do Campo e da Floresta) e Anajá Teixeira (PGDR/UFRGS).

Fabiana Thomé abordou as Redes alimentares alternativas e Segurança Alimentar e Nutricional: a perspectiva dos agricultores. De acordo com apresentação de Fabiana, “a diversidade é constituinte das redes alimentares alternativas e, ao preservar justamente essa diversidade, legitima-se os preceitos da segurança alimentar e nutricional”.

Flávia Charão Marques falou sobre as dinâmicas sociotécnicas na agricultura e conhecimento, inovação e ação social no mundo rural. O destaque da apresentação foram algumas das lutas das mulheres rurais, cujos “movimentos têm ampliado os escopos da discussão para o terreno ético-político da construção de cidadania, e acabam por constituir espaços de aprendizagem e de politização”.

Carlos André Moura Arruda apresentou dados sobre a Política Nacional de Saúde dos povos do campo e da floresta e Anajá Teixeira abordou a experiência do MST com esta política.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s